Embalados pela desilusão da justiça

21.05.2017

 Embalados pela desilusão da justiça muitos advogados tornaram-se também professores, consultores, coaches, mediadores, conciliadores e agora consteladores. Uma sábia decisão, que bom que tem sido assim, pois novas ocupações sugerem o aprendizado de novas habilidades e possibilidades. Não sabemos tudo, por isso mesmo temos que acreditar que a busca continua. Além disso, somos muito mais do que fazemos, como diria o pensador sistêmico Peter Senge, você não é o seu cargo ou função.

Todas essas atividades são em si competências dos advogados nesse paradigma atual. O desafio do profissional "do futuro" é compreender a sistêmica da vida, adotando como hábito um novo modo de observar a dita realidade. A construção de novos significados para a justiça, a liberdade e o modo de operar o direito permitirá novos comportamentos.

 

O controle, o ceticismo, a angústia da necessidade da razão e de sempre ter razão está dando espaço à incerteza, a coragem, a suspensão do julgamento, a aceitação dos limites do conhecimento humano e ao acolher da eterna dúvida, que vez ou outra permite paz de espírito. Isso não implica abrir mão de seus posicionamentos, mas como diria Leonardo Boff, recordar-se de que "todo ponto de vista é a vista de um ponto."

 

 O profissional que atua com as dores humanas, seja ele psicólogo, terapeuta, médico, assistente social, mediador, advogado, juiz - precisa ser competente o suficiente para  discernir os limites da empatia. da humanização, da terapêutica e do atendimento sistêmico com aplicação sóbria e ética da sua atividade. Permear nesse equilíbrio do dar e receber, segundo Bert Hellinger e as Ordens da Ajuda é um bom começo para quem busca vencer os limites das doutrinas e estreitar a conexão entre a justiça e o direito.

 

Sobre constelações e o direito: "os antigos cartógrafos tinham o hábito de escrever, nas bordas dos mapas marítimos, o lema latino  nec plus ultra - "daqui não passarás". O objetivo era assustar os navegantes audazes, e lembrá-los de que toda viagem tem de chegar ao fim. O olhar doutrinário também anda sempre a rabiscar términos e limites na geografia da mente" 

 

 

ASSINE nosso canal no You Tube e nosso informativo: AQUI

 

 

 

 

 

Compartilhar
Share on Twitter
Please reload

Assine nosso canal
Please reload

CONTATO

[11] 94292-1740 - Marcella Santos

Unidade 1

Alameda Santos, 1773 - Cerqueira César

São Paulo/SP - CEP 01.419-100

[21] 98030-7444 - Luciana Ferreira

Unidade 2

Rua Augusta, 101   Sala 920  -  Consolação

São Paulo/SP - CEP 01.313-001

  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Tweeter

© 2018 Advocacia Sistêmica

© 2018 Gestão da Advocacia Sistêmica

Todos os direitos reservados.

WhatsApp GDAS