Uma visão ampliada da advocacia

07.05.2018

“O ato de observar muda o que é observado.” “Somos parte do que observamos e, portanto, afetamos tanto o que é observado como a nós mesmos. Costumamos permitir a emersão daquilo que procuramos e erradicar o que não procuramos. Se formos em busca apenas da superficialidade, da eficiência, do número, da estrutura, do objeto separado, vamos criar um mundo destituído do sopro invisível da vida, de totalidade e de sentido. Reduziremos nosso muno a um mundo de coisas inanimadas.”

 

A visão sistêmica, não se aprende em um curso. A visão sistêmica se aprende durante a vida. Vários cursos podem ajudar no caminho, mas é a forma de captar as informações e o que se pretende fazer com elas que faz toda a diferença. E, também o quanto nos deixamos afetar dentro do aprendizado dessa caminhada.

Portanto, em momento algum estamos do lado de fora da experiência.

Duas pessoas podem frequentar o mesmo curso, e uma focar na compreensão analítica e outra numa apreensão das informações de uma forma global fazendo paralelos com significados e contextos, isso se chama compreensão holística.

Os dois tipos de entendimento são necessários, porém na nossa cultura privilegia-se muito a visão analítica.

Quando começamos a trabalhar em qualquer área com a visão ampliada, não faz mais sentido descaracterizar os contextos, os padrões, o campo integrando as possibilidades,  seus efeitos nas pessoas e a qualidade disso para o todo.

No direito especificamente, não faz sentido cumprir protocolos se não forem para ter efetividade na situação fática apresentada. E tratando de relações, impossível obter efetividade sem diálogo, ou na impossibilidade desse de um ajuste de conduta para lançar mão da prestação jurisdicional com consciência e responsabilidade.

“Ludwig Wittgentein, cuja produção mais tardia foi muito influenciada por Goethe, definia essa experiência da visão holística como o tipo de compreensão que consiste justamente no fato de enxergamos as conexões. Wittgenstein reconhecia que a ideia não era pesquisar novas generalizações ou teorias, mas desenvolver uma forma de enxergar.”

Acredito, que todo esse movimento no direito e em outras áreas estão trazendo exatamente isso: uma nova forma de enxergar.

Portanto, totalmente necessário, pois vem agregar algo na forma de exercemos nossas profissões,  que é validar essa inteirações e seus efeitos, humanizando condutas e protocolos buscando a efetividade.
Vejo que o pensamento sistêmico não é um “modismo”, tampouco uma novidade. Ele está aí há muito tempo, basta buscar literaturas em diversos campos de conhecimento diferentes.

O que acontece hoje, é a necessidade de aplicar de uma forma mais ampla toda essa forma de enxergar e a disponibilidade de muitos profissionais que tiveram a coragem de trazer ao profissional o que viram que funcionava em âmbito pessoal. E reconhecer essa pessoalidade / humanidade nos prestadores e recebedores de serviços.

Diante de tudo isso, concluo que a visão sistêmica independe da constelação familiar, pois ela é abrangente e pode ser exercida e aplicada no exercício da visão ampla, dessa nova forma de enxergar, porém a constelação é um campo de conhecimento fantástico que oferece um aprendizado que pode levar a pessoa a desenvolver essa visão ampla / sistêmica, mas não é o único caminho.

 

Existem muitos profissionais que são sistêmicos e nem sabem o que é a constelação familiar. E, existem muitos profissionais que conhecem a constelação familiar e não são sistêmicos. Como existem aqueles que são sistêmicos e conhecem a constelação familiar.

Faço essas distinções, para ajudar a clarear o cenário atual e contribuir para fortalecer esse movimento valioso de exercício da visão analítica com a holística em prol do atendimento humanizado e preservá-lo de rótulos que o restringem.

 
Marisa Avila
Avila & Bastos Advocacia Sistêmica
**Trechos citados no texto – autor Allan Kaplan

 

Compartilhar
Share on Twitter
Please reload

Assine nosso canal
Please reload

CONTATO

[11] 94292-1740 - Marcella Santos

Unidade 1

Alameda Santos, 1773 - Cerqueira César

São Paulo/SP - CEP 01.419-100

[21] 98030-7444 - Luciana Ferreira

Unidade 2

Rua Augusta, 101   Sala 920  -  Consolação

São Paulo/SP - CEP 01.313-001

  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Tweeter

© 2018 Advocacia Sistêmica

© 2018 Gestão da Advocacia Sistêmica

Todos os direitos reservados.

WhatsApp GDAS