A exclusão do pai - Alienação Parental à luz das Constelações Familiares e do Direito Sistêmico

A visão sistêmica aplicada ao direito tem ganhado espaço e valorização no contexto lusobrasileiro. Na 12ª edição da Revista Alienação Parental 02 artigos somam Direito Sistêmico e Alienação Parenal, excelente conteúdo que amplia a observação da origem e efeitos dos conflitos. Baixe em PDF no fim da página!

 Sobre a revista: "A Equipe da Revista Alienação Parental é composta de uma parceria lusobrasileira, (...) Com a estreita colaboração de todos os parceiros torna-se possível concretizar um projeto sério de criação de uma revista sobre o tema Alienação Parental com âmbito lusobrasileiro.

 

A Alienação Parental, independente de ser ou não considerada uma síndrome, é um fenômeno sócio-jurídico e familiar multidisciplinar e globalizado. Não se trata de um fenômeno novo, mas pouco conhecido, quer pela sociedade em geral, quer pelos operadores de direito, pelo que é fundamental a divulgação, informação e formação sobre este tema para todos os operadores que com ele se deparam no exercício da sua atividade, e para as famílias.

 

A Alienação Parental tem sido um fenômeno em expansão, no qual não há vencedores, mas em que a maior vítima e quem mais sofre são as crianças, uma vez que são a peça principal deste jogo de domínio dos afetos. Tem sido considerada como um abuso emocional, uma violência psicológica para as crianças com potenciais graves consequências, quer para o seu superior interesse e bem-estar psico-emocional, quer para o seu desenvolvimento da personalidade, e projeção na vida adulta.

 

Os atos de alienação parental violam gravemente a dignidade da criança, o seu direito à liberdade dos afetos, violando a Convenção Europeia dos Direitos da Criança e os seus Direitos Constitucionais Fundamentais, pois que destrói, desestrutura, desmoraliza e desacredita os laços paterno-filiais"

Editorial da Revista

Nessa edição dois artigos segundo a visão sistêmica:

 

Ana Carolina Carpes Madaleno: A exclusão do pai - Alienação Parental à luz das Constelações Familiares e do Direito Sistêmico

 

Ghiane Borges: A alienação parental na visão sistêmica fenomenológica: um estudo das constelações familiares aplicadas no judiciário

DOWNLOAD EM PDF

Compartilhar
Share on Twitter
Please reload

Assine nosso canal
Please reload

CONTATO

[11] 94292-1740 - Marcella Santos

Unidade 1

Alameda Santos, 1773 - Cerqueira César

São Paulo/SP - CEP 01.419-100

[21] 98030-7444 - Luciana Ferreira

Unidade 2

Rua Augusta, 101   Sala 920  -  Consolação

São Paulo/SP - CEP 01.313-001

  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Tweeter

© 2018 Advocacia Sistêmica

© 2018 Gestão da Advocacia Sistêmica

Todos os direitos reservados.

WhatsApp GDAS