• Lua Ferreira

Sobre tudo que não faz mais sentido

O processo de não fazer mais parte acontece aos poucos, não de repente, nós é que tomamos consciência quando já não suportamos mais conviver com o que não temos ressonância. Quando o litígio desgasta todas as partes, o conflito é tratado de forma rasa, a falta de habilidade ultrapassa os limites do ofício, a falta de respeito entre colegas, a falta de celeridade do judiciário, a desvalorização da profissão, a dureza de tantas realidades, tudo que não queremos para nossa vida.


Finalmente você se dá conta de que não cabe mais no modelo vigente, que simplesmente não faz mais sentido e você não está onde deveria estar. Será que é hora de abandonar a advocacia? Na maioria das vezes a questão não é sobre onde deveríamos estar, mas como deveríamos estar. O modo de pensar e o como fazer afeta diretamente o que sentimos. É na experiência que devemos colocar o foco.


Na Advocacia Sistêmica a gestão de conflitos é permeada por uma série de conhecimentos e habilidades relacionais. Aprendemos como o ser humano funciona, quais filtros de pensamentos está utilizando para perceber a realidade, como tem construído os significados acerca do conflito, o que sente enquanto enquadra os fatos, como se comporta seguindo padrões conscientes e inconscientes e o que tem feito em piloto automático.


O Pensamento Sistêmico como abordagem de facilitação traz um diferencial incrível na atuação do advogado. A partir dele o cliente experimenta autonomia e protagonismo, assume autorresponsabilidade, compreende as várias posições perceptuais e construções de contextos da outra parte e acima de tudo, quais padrões tem repetido de seu sistema familiar de origem.


Facilitar a solução de conflitos com todas as competências que elevam o atendimento em um nível estratégico, humanizado e consensual tem feito sentido para muitos advogados que já não se sentiam parte do mundo do direito. Ver os efeitos que – a ampliação de consciência, empatia, não julgamento, apoio, escuta, não aconselhamento, enquadramentos, feedback, uso de âncoras, bonecos, e muitas outras habilidades – trazem ao campo da solução é sensacional.


A Advocacia Sistêmica traz um caminho de desenvolvimento pessoal e profissional que transforma o significado de advogar. Parece não ter fim a quantidade de conhecimento disponível dentro da sistêmica, que nos tira da caixa e nos coloca exatamente onde e como queremos estar – à serviço da paz, do equilíbrio, da abundância e do pertencimento. Agora sim faz sentido!


Mais artigos como este em: www.advocaciasistemica.com.br

0 visualização

CONTATO

[11] 94292-1740 - Marcella Santos

Unidade 1

Alameda Santos, 1773 - Cerqueira César

São Paulo/SP - CEP 01419-100

[21] 98030-7444 - Luciana Ferreira

Unidade 2

Rua Augusta, 101 - Consolação

São Paulo/SP - CEP 01313-001

  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Gestão da Advocacia Sistêmica
  • Tweeter

© 2020 Modelo de Gestão da Advocacia Sistêmica

Todos os direitos reservados.

WhatsApp GDAS